Lenda de São Martinho

  Hoje é dia de comer castanhas assadas! Mas uma vez que eu não gosto de castanhas decidi contar-vos a lenda de São Martinho.

Na antiga cidade de Savaria na Panónia ( atualmente Hungria), nasceu um menino cujo o seu nome era Martinho de Tours. Num dia frio e chuvoso de inverno, Martinho montado no seu cavalo, de regresso de Itália para sua terra, encontrou um mendigo. Apercebendo-se que este tremia de frio e pedia esmola e Martinho sem nada que lhe pudesse dar, pegou na sua espada e cortou, em duas partes,o manto que trazia. Cobriu-o com uma das partes do manto. Mesmo sem nada que o protegesse do frio, Martinho decidiu continuar a sua viagem.
Reza a lenda que, nesse momento, as nuvens e o mau tempo desapareceram e o sol surgiu. 
E que o bom tempo se prolongou por três dias. A lenda diz ainda que Cristo apareceu a Martinho num sonho. Usando o manto do mendigo, voltou-se para os anjos que o acompanhavam e disse em voz alta « Martinho, ainda catecúmeno, cobriu-me com esta veste.».

É por isso que todos os anos, nesta altura do ano, mesmo sendo Outono, durante cerca de três dias o tempo fica melhor e mais quente: sendo assim conhecido por  o Verão de São Martinho.

Comentários